5 formas de arruinar o seu negócio

Como arruinar um negócioOs erros fazem parte da vida e, em muitos aspectos, errar é uma eficiente maneira de aprender e se desenvolver como pessoa ou profissional. Quando o assunto é empreendedorismo, entretanto, alguns tipos de erro podem arruinar totalmente o negócio. Por isso, vale a pena conhecer os principais erros que podem arruinar seu empreendimento e saber como evitá-los.

5 formas de arruinar seu negócio

1. Falta de planejamento

O primeiro passo para a criação de um negócio de sucesso é a realização de um estudo de mercado e elaboração de um planejamento estratégico para sua empresa. Você não precisa necessariamente de um plano de negócios documentado de maneira formal, mas certamente precisa de um plano.

Esse planejamento deve conter a definição de metas e objetivos empresariais, bem como os caminhos que serão tomados para alcançá-los e as ferramentas que serão utilizadas. O ideal é que também seja feito um planejamento financeiro e a projeção de ações para remediar possíveis problemas e situações inesperadas.

2. Pensar pequeno

Mesmo que seu negócio seja pequeno e tenha recursos limitados — especialmente se você ainda estiver começando —, é fundamental que você tenha em mente o potencial da sua empresa. Quando você pensa pequeno, acaba restringindo o sucesso do seu negócio às limitações.

Portanto, em vez de focar no tamanho da empresa, crie diferenciais que façam sua empresa se destacar no mercado e prove seu valor aos clientes.

3. Falta de capacitação

É fundamental conhecer profundamente a área em que sua empresa atua, bem como as necessidades do seu público e tudo o que seu produto ou serviço tem a oferecer. Caso você não tenha todos esses conhecimentos, invista em cursos de capacitação que te habilitem a administrar seu negócio de maneira eficiente.

4. Ignorar o consumidor

Embora vender seja o principal objetivo de uma empresa, você jamais deve considerar que o contato com o cliente termina com a concretização do negócio. Tenha em mente que um cliente está sempre propenso a voltar, mas apenas se a primeira experiência que ele teve com sua empresa foi satisfatória. Portanto, sempre mantenha um canal de comunicação aberto para o consumidor, e invista em um pós-venda que seja capaz de estabelecer uma relação com o cliente.

5. Confundir despesas pessoais com o dinheiro da empresa

Muitos empresários misturam o dinheiro da empresa com as finanças pessoais, tirando dinheiro do caixa para pagar despesas que não estão relacionadas com o negócio. Esta é uma atitude que impossibilita a realização de um balanço financeiro preciso e a avaliação do desempenho e crescimento do negócio. Você, mesmo sendo o empreendedor, deve ter um salário que esteja de acordo com a situação financeira da empresa e que permita que ela tenha margem de lucro para crescer.

Tem alguma dúvida sobre a gestão do seu negócio ou sua franquia? Deixe seu comentário!

Posted by admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *