Entrevista: Judoca Leandro Guilheiro em busca do ouro olímpico

Patrocinado pela AlphaGraphics, o judoca Leandro Guilheiro prepara-se para os jogos Olímpico Rio 2016.

Em ritmo de preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016, e estudando Gestão Financeira, o judoca Leandro Guilheiro, patrocinado pela AlphaGraphics, fala sobre a carreira e seus planos futuros. Para se destacar na competição, ele conta com a experiência de quem acumula bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004; prata no Pan do Rio de Janeiro em 2007; bronze nos Jogos de Pequim, em 2008 e prata no Mundial de Tóquio, em outra categoria, a de até 81 kg. Em 2012 foi campeão Pan-Americano de judô.
Como começou no judô?
Comecei a praticar judô com cinco anos, no colégio. Já no início tomei muito gosto pelo esporte e já pensava em participar de alguma edição dos Jogos Olímpicos no futuro. Desde então tenho me dedicado quase que exclusivamente a este projeto.

 

Qual a importância do patrocínio para um atleta profissional?
Além do suporte dado para que eu possa investir em tudo que envolve a minha preparação como atleta, este tipo de apoio faz com que eu me sinta valorizado. É muito bom quando você encontra pessoas que acreditam em seu trabalho. Na AlphaGraphics ainda existe um diferencial que é o contato próximo que tenho com o Rodrigo (presidente) e o pessoal da máster. Nossas conversas vão muito além do campo esportivo e sempre acabo saindo de lá com algumas ideias bem interessantes, algumas até sobre o meu pós-carreira.

 

Como você faz o gerenciamento de sua carreira ?
Conto com profissionais das mais diversas áreas que me guiam e se complementam: médico, fisioterapeuta, preparador físico, nutricionista, psicólogo e consultor técnico. Tenho também o apoio do Esporte Clube Pinheiros, da Confederação Brasileira de Judô e do Comitê Olímpico Brasileiro. Além disso, existe o relacionamento com os patrocinadores que é extremamente importante.

 

Qual é o paralelo entre um atleta de alta performance e um executivo de alto escalão?
Acredito que os dois lidam com objetivos bem definidos e precisam de um plano para alcançá-los, tudo isso em meio a um ambiente extremamente competitivo e, algumas vezes, imprevisível. Por isso, ambos devem ser determinados para enfrentar os momentos de turbulência, vigilantes e criativos para sempre se reinventarem e contar com uma equipe capacitada e comprometida para ajudá-los nesta caminhada.

 

Quais são seus planos pós Olimpíada? O que pensa em fazer após deixar os tatames ?
Tenho vontade de empreender, o que deve ser um desafio e tanto. Mas, por quanto, meu foco é ser atleta, e tudo isso são apenas ideias que surgem. Por enquanto, tenho tentado me capacitar (estudo Gestão Financeira na FGV) e no momento em que começar a minha transição, certamente meus objetivos, além do esporte competitivo, ficarão mais claros.

 

FONTE: Revista The Message

Posted by Aline Macedo

Coordenadora de Marketing na AlphaGraphics Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *