Por que produzir papel NÃO destrói as florestas?

Você sabia que o problema com o desmatamento não está diretamente ligado com a produção e fabricação de papel? É importante entender que a fabricação do papel não é prejudicial ao meio ambiente, se feita de forma consciente e com uma boa gestão sustentável.

A maioria dos problemas desencadeados pelo desmatamento, ou melhor, 90% deles acontecem devido a práticas agrícolas insustentáveis. Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Indústrias Gráficas (ABIGRAF), no Brasil, cerca de 7,8 milhões de hectares são de reflorestamento. O estudo faz parte da campanha da Two Sides, que visa minimizar os impactos ambientais de suas atividades de forma a colaborar para o desenvolvimento sustentável do planeta.

Além disso, muitas empresas utilizam dessas florestas plantadas para extração da celulose para a fabricação de papel, livros, revistas, embalagens, entre outros. Sendo assim, como esses materiais são produzidos de uma forma totalmente sustentável, quando as pessoas adquirem esses produtos, elas estão contribuindo com o meio ambiente e com uma melhor qualidade de vida.

No país, 100% de toda a produção de celulose e fabricação de papel vem de florestas renováveis de eucalipto e pinus, trazendo para as indústrias nos últimos anos um papel de destaque em relação a produção sustentável. Esse reflorestamento ainda pode ser realizado com espécies exóticas (teca) ou nativas (araucária e paricá).

Essa forma sustentável é muito eficaz para o meio ambiente, já que tem a função de promover o desenvolvimento econômico e social da população do país e ainda minimizar os danos causados por esse grave problema que só vem aumentando nos últimos anos.

Para finalizar, além de ser extremamente importante para o sucesso econômico de todo o mundo, o reflorestamento ajuda na diminuição da propagação dos gases do efeito estufa, gerando oxigênio para atmosfera, assim como as florestas convencionais. Ele ainda serve para reestruturar áreas degradadas pela agricultura e pecuária e servem como abrigo e alimento para animais silvestres, evitando a extinção de diversas espécies.

Por isso, é preciso entender que a produção de papel e celulose não são prejudiciais ao meio ambiente e não colaboram com o aumento do desmatamento. Contudo, é preciso seguir os mais de 30 sistemas de certificação – como o Forest Stewardship Council (FSC®) e o Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor) – para garantir que o papel fabricado venha de uma fonte florestal sustentável.

A AlphaGraphics possui a certificação FSC, o que garante que os papéis utilizados em cartões de visita, materiais para eventos, livros impressos sob demanda, entre outros impressos possuam um compromisso com o meio ambiente.

Saiba mais sobre o tema no post: Como fica o uso de Impressos no Mundo Digitalizado?

Tem alguma dúvida sobre o tema? Deixe aqui nos comentários!

Posted by admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *